Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tower of Writing

you will never guess her secret...

Tower of Writing

you will never guess her secret...

Capítulo 40 - Parte I

Alô meninas!

Venho deixar-vos a primeira parte do capítulo 40, que vai ser o último desta fanfic. Os últimos capítulos ficaram enormes, penso que não vai ser problema para vocês, mas na altura que escrevi tinha imensa imaginação e a história desenvolvia-se logo! Bom, no próximo e último capítulo vou querer a resposta definitiva, mas não há problema, pois eu lembro-vos.

Espero que gostem e deixem a vossa opinião! :)

um beijinho,

Annie  

 

 

Capítulo 40 - Parte I - "Não devia acabar assim."

 

Zac: Esperávamos que considerasses a hipótese de ficar.

Andie: Aqueles dois desceram muito baixo... (abana a cabeça) e vocês... vocês podiam ter confiado em mim. Passaram por tanto e eu... eu nunca soubre de nada. Vou tirar tudo do cacifo, arrumar, blablabla.

Claire: Não almoças cá ?

Andie: Oh, desculpa Claire, não vai dar. Tenho imenso para arrumar, parto amanhã muito cedo.

Joe: Vamos ter saudades tuas! Sabes disso, certo ?

Andie: O Texas não é do outro lado do mundo. Estamos à distancia de uma chamada.

Tocou.

Zac (abraça Andie): Cuida de ti. E LA, vai ter sempre uma porta aberta para ti.

Andie: És o meu melhor amigo. Nunca pensei mesmo dizê-lo a uma pessoa como tu, mas és, nunca esqueças. Hoje e sempre.

 

Separou-se de Zac. Robert continuava com a cabeça baixa, mas não era o único. Tinha pena de os deixar ali, mas estava certa que era o melhor. Deu um abraço a todos.

 

Andie (abraça Claire): Oh Amiga, não fiques assim. Sabes que podes ligar-me sempre que quiseres... 

Claire: Não vai ser a mesma coisa, não percebes ? O Texas não é já aqui, não é como dizes!

Robert: Bom, eu vou para as aulas, até...

Andie (interrompe Robert): Até um dia, Robert.

Zac: Vá Claire, não és a única assim...

Claire: Este mundo é muito estúpido, não percebem ? Ela não fez nada de mal para se ir embora. Não devia acabar assim.

Andie: Claire, minha querida Claire, eu vou-me embora porque quero. Agora, vão... Não quero que cheguem tarde.

Nick: Não estás zangada connosco ?

Andie: Estou. Aliás, furiosa seria a palavra mais indicada, mas eu não me quero enfiar no avião com remorsos de estar zangada com vocês. Sabem que ainda são umas 16h de viagem ? Bom... vão. Obrigada a todos, por tudo...

 

Foram todos para as aulas. Andie ficou ali, sentada nas escadas, sozinha. Agora ainda tinha mais pena de Claire. O Zac ainda olhou para atrás e fez um tímido sorriso. Tão tímido quanto o primeiro que fez para ela, também na escola e tudo por causa do caderno com as suas letras. Lembrava-se como se fosse hoje. "Pronto, amigos" foi a resposta que lhe dera e desde ali, a amizade cresceu imenso. Oh, pobre Zac, pobres Jonas e... pobre Robert. Não fazia a mínima ideia do que já tinham passado e não sabia como ajudá-los. Nunca imaginou que se tivessem todos dado como grandes amigos. E agora compreendia tudo.

 

O intervalo chegou rápido e Andie permanecia na escola. 

Andie: Onde é que está a Kelly ?

Kate: Porque razão é que eu deveria saber onde está a TUA irmã ?

Andie: Kate, não estou com pachorra.

Justin: Meninas, não comecem.

Kate: Estou a falar a sério.

Andie: Porque agora são as best friends forever!

Kate: Não sei, não meteu os pés na escola hoje. Agora se nos dás licença...

Andie: Ei Kate!

Kate: Que foi ? Tenho mais que fazer...

Andie: Ganhas-te.

Kate: O quê ?

Andie: Tudo.

Kate: Que conversa é essa ?

Andie: Tudo o que achas que te roubei ou conquistei em menos tempo que tu... É teu. Ganhas-te. Vou-me embora. De vez. (vira as costas)

Kate: Bon voyage, mon ami!

 

Kate e Justin caminham uns metros, em silêncio.

Justin: Não é estranho a Andie reconhecer a derrota ?

Kate: Não, mano. É sinal que é inteligente e sabe que neste jogo, não pode vencer-me.

Justin: O tempo que me dei com ela não pareceu isso.

Kate: É melhor assim e tu sabes! Ela nunca devia ter vindo para cá.

Justin: Resta saber se não está a preparar alguma.

Kate: Duvido.

Justin: Eu também, pareceu-me que quer mesmo seguir em frente.

 

Tocou. Cada um dos irmãos foi para a sua sala de aula. A indecisão de Andie permanecia. Deveria deixar mesmo LA ? Agora que sabe a verdade toda não tinha tanta certeza. Já não podia voltar atrás. Tinha-se despedido de todos já, portanto agora... agora era só virar as costas.

 

 

Robert: Então... de volta ao Texas ?

Andie: Parece que sim. Lar doce lar.

Robert: Estás bem ? Pareces... abatida.

Andie: Estou bem. Vou mesmo colocar um sentido na minha vida.

Robert (ironico): E o Texas é o sitio ideal...

Andie: É. Vou frequentar umas aulas e entrar numa peça de teatro.

Robert: Posso dar-te alguns contatos...

Andie: Não é necessário. (abana a cabeça) Como é que não percebi logo ? Bom, seja qual for o jogo que estás a fazer, não me vais fazer ficar, não tentes comprar-me. De novo.

Robert: Não. Não vou fazer ou dizer-te mais nada.

Andie: Quero entrar num musical por mérito meu e não porque tive ajuda. Percebes ? Não devias estar nas aulas ?

Robert: Eu percebo. Sempre fiz teatro, comecei novo. Tenho dispensa por causa do filme novo, vou discutir umas coisas com os produtores.

 

Fez-se silencio.

 

Andie: Porque é que nunca me contas-te da Megan ?

Robert: Fiquei de coração partido. E tenho vergonha disso. Desde aí que sou... reservado.

Andie: E lunático ? (ri-se)

Robert: É... (sorri)

Andie: Agora eu percebo tudo. Mesmo as discussões com o Justin... Já vinha tudo do passado. Mas... podias ter confiado em mim.

 

Robert ficou a olhar para o chão. Silêncio. Novamente.

 

Andie: Eu sei da foto. Do beijo. E sim, estou mesmo a falar de tudo o que me está a perturbar, não ligues.

Robert: Quando apanhas-te o taxi, eu fui atrás de ti. Encontrei a Kelly e ela falou-me acerca da Kate e de ti. Disse que estava muito confusa e... só não estava em relação a mim, que tinha valido uma vida ela conhecer-me pessoalmente e beijou-me. Afastei-a e disse que gostava de ti e ela tinha de entender isso. Disse ainda que ela não gostava de mim como diz, gostava apenas do que vi-a, porque não me conhece. Fim da história.

Andie: Não pedi para te explicares.

Robert: Eu sei, mas é essa a verdade.

Andie: Ouve... é muita coisa. Muitas confusões. Muitos dramas. E este é outro. Eu acho que sei quem te atropelou.

Robert: Não te metas nisso, Andie. A policia está a investigar.

Andie: Até parece que não queres saber. Foi a Kate.

Robert: Eu acho que foi o Justin.

Andie: Não, o Justin não faria isso. Eu vou provar-te. A ti e a todos.

 

O telemóvel de Andie começa a tocar.

 

> Inicio da chamada <

Andie: Kelly ? Onde é que estás ?

Kelly: Ands, preciso da tua ajuda.

Andie: Não comeces com brincadeiras! Que se passa ?

Kelly: Estou na esquadra, preciso que me venhas buscar. Ajuda-me!

Andie: Que se passou ? Que fizeste desta vez ?

Kelly: Sou tão parva. Ajuda-me, por favor.

Andie: Vou a caminho.

> Fim da chamada <

 

Andie: Tenho que ir. Vou salvar o dia.

Robert: Que se passa com a tua irmã ?

Andie (impaciente): A Kelly está na esquadra, tenho de ver o que se passa, ainda por cima não faço a minima onde fica!

Robert: Eu levo-te lá. 

Andie: Robert... Não. Esquece, só te peço isso. Afasta-te de mim. Adeus.

 

 

 

Deu um beijo na cara a Robert e virou as costas. Era a oportunidade de Robert para fazer as coisas certas. "Lutar" como Zac lhe disse tanta vez. Puxou Andie para ele. Olhou-a nos olhos e deu-lhe um leve beijo nos lábios.

 

 

 

Andie: Isto não foi uma boa ideia. Tenho de ir.

Robert: Acalmou-te, portanto foi.

 

Andie desceu as escadas, sem dúvida, mais calma. Agora ainda tinha menos certeza em querer deixar LA. Teria ela se apaixonado pelo vampiro mais famoso do mundo ? Não, não podia ser. 

 

 

Ouviu Robert, ao longe.

Robert: Espera, Andie! Eu vou contigo. Nem sabes onde é a esquadra, eu levo-te.

 

Aceitou. A viagem foi curta, mas silenciosa. Robert parou mesmo em frente á esquadra. Disse-lhe que ia só estacionar e já lá ia ter. Andie saiu a correr e entrou.

 

Andie: Ei, chamo-me Andie vinha buscar a minha irmã... Kelly S...

Guarda (interrompe): A sua irmã está ali, pode ir falar com ela.

Andie: Obrigada! (vai ter com a irmã) Que raio se passa aqui, Kelly ?

Kelly: Desculpa, Ands...

Andie: Chega de desculpas, Kelly! Quero saber onde é que estás metida! AGORA !

Kelly (começa a chorar): Devia ter acredito em ti. A Kate pediu-me dinheiro. Eu arranjei e fiz um depósito para a conta que julgava ser dela, mas afinal suspeita-se que seja de um homem mau...

Andie: Um homem mau ? Não tens cinco anos, desembucha!

Kelly: O homem que atropelou o Robert Pattinson.

Andie (chocada): O quê ?

Kelly: E agora a polícia acha que fui eu a manda-lo! Ajuda-me!

Andie: Calma. Deixa-me pensar.

Kelly: Porque estás a ajudar-me ?

Andie: Das duas uma, ou sou muito estúpida ou então preocupo-me imenso com a minha irmã. Escolhe.

Kelly: É reconfortante achar que é a segunda.

Andie: Venho já.

 

Andie saiu. Encontra Robert a falar com um polícia.

Robert: Obrigada! Muito obrigado, mesmo!

Andie: Que estás a fazer ?

Robert: A salvar o teu dia. A Kelly pode sair, eu tratei de tudo.

Andie: Eu disse que não queria o teu dinheiro.

Robert: Falei com o xerife disse que devia haver um mal-entendido, eles acham que não, mas vão aprofundar a investigação. Paguei a fiança á tua irmã. Ambos sabemos que ela não faria nada para me magoar.

Andie: Isto só prova que foi a Kate...

Robert (susurra): Não te metas. Estou a falar a sério.

Kelly (corra até á irmã e Rob): Ah, estás aí! Obrigada, Ands...

Andie: Não é a mim que tens de agradecer. Vamos sair daqui. O Robert leva-te á escola.

 

Descem até ao pequeno parque onde Robert tinha o carro estacionado. Andie foi á frente com Robert e Kelly atrás. O ambiente durante a viagem foi tenso. Andie decidiu quebrar o silêncio.

Andie: Bom, Kelly, durante uns tempos, és capaz de não me ver por LA.

Kelly: Vais-te embora ?

Andie: Sim, vou voltar para a nossa casa no Texas. Estou farta de todas estas confusões...

Kelly: A culpa é minha não é? (começa a chorar)

Andie: Kelly, eu juro que te bato se continuas a chorar!

Kelly: Desculpa!

 

Robert parou o carro em frente á escola. Kelly saiu a correr, desolada e lavada em lágrimas.

 

Robert: Ela... fica bem ?

Andie: Tem mais é que ficar.

Robert: Vais para casa ?

Andie: Sim, mas não p...

Robert (interrompe): Sabes bem que te levo. (silêncio) Falas-te a sério quando disseste que gostaste de me conhecer ? De conhecer todos nós ?

Andie: Sim, foi tudo a sério. Ei. Queres que eu vá ?

Robert: Não me cabe a mim decidir.

Andie: Estou a ver. Não te sentes mal... em deixar-me ir ?

Robert: Sinto. Mas já deixei tanta coisa ir...

Andie: Que eu seria só mais uma.

Robert: Eu não disse isso...

Andie: Está bem está bem.

Robert (olha para Andie): Estás amuada.

Andie: Não estou.

Robert: O teu olhar diz-me que me odeias.

Andie: O Edward é uma personagem, ele não existe e não lê mentes. Portanto tu não lês a minha mente. Agora, mete os olhos na estrada!

Robert (pára o carro): Quero que saibas que eu também gostei de te conhecer.

Andie: Dá-me uma razão para ficar e eu fico. Mas não uma razão por sms, como costumas fazer. Diz-me tudo, Robert. 

Robert: Disse-te tudo já...

Andie: Então... eu vou embora. Fica bem e... obrigada.

 

Andie saiu do carro. 

 

 

- O que Andie quis dizer com o "Diz-me tudo." ?

- Porque razão Andie vai embora ? 

- Será que vai mesmo ? Como ficaram os amigos ?

- Quem atropelou Robert ?

 

NÃO PODES MESMO PERDER O PRÓXIMO E ÚLTIMO CAPÍTULO !

9 comentários

Comentar post