Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tower of Writing

you will never guess her secret...

Tower of Writing

you will never guess her secret...

Capítulo 1 - "Recomeçar."

Para quem gosta de ouvir música enquanto lê, coloque a música do blog em pausa e oiçam antes esta, está mais relacionada. Mais tarde irão compreeder o porquê.

Espero que gostem deste primeiro capítulo!

 

 

 

Capítulo 1 - "Recomeçar"

 

 

LA, baby! - Gritou a miúda dos grandes cabelos loiros levantando-se do jipe e colocando os braços no ar, como sinónimo de liberdade. - Estamos em LA, ponham os braços no ar! Come on!

- Estou a conduzir, tens a certeza que queres que ponha os braços no ar? - Murmurou o rapaz moreno que conduzia em direçãoHollywood.

- Desmancha prazeres! - Troçou a loira sentando-se e colocando a música mais alta. - Que se passa contigo? Sempre com esse humor de ovelha choné. Life doesn't stop for anybody.

- Loira burra. - Murmurou o moreno pensando como iria ouvir a amiga se esta colocou a música aos altos-berros.

- Podem colocar isso mais baixo? O meu telemóvel está a tocar. - Gritou Kelly no banco de trás. Era Andie. - Obrigado! - Disse mal baixaram o volume. Olhou para o ecrã e pensou duas vezes se atendia ou não. Não falava com Andie há mais de 3 meses. Tinha regressado ao Texas no inicio do verão para fazer várias audições, mas Kelly ficou por Los Angeles, os seus pais estavam de férias no Brasil e só deviam regressar no final de Setembro.

- Vais atender isso? - Berrou a loira. Estava a tornar-se irritante sempre com alguma coisa a dizer.

Kelly atendeu. - Estou? Andie?

- Como estás? Tens ignorado as minhas chamadas, fiquei preocupada! - O seu tom era zangado, mas ao mesmo tempo, carinhoso.

- Estou bem, é só que... já chegaste? - Perguntou curiosa.

- Agora mesmo. Estou só á espera do táxi para ir para casa! Mas não te liguei por isso. - Fez-se silêncio. - Queres almoçar comigo?

- Estás no aeroporto? Vou aí buscar-te - Apressou-se a dizer. - Espera por mim.

- Como assim? - Andie estava intrigada. Kelly não tinha carro ou nenhum outro meio para a ir buscar.

- Confia em mim - Desligou o telemóvel e debruçou-se para a frente. - Ei Ethan, podes fazer um desvio pelo aeroporto?

- Why, darling? - Perguntou a loira.

- A minha irmã voltou. Não sei, há algo que me diz que ela quer... recomeçar. O mínimo que posso fazer é ir ter com ela... - Disse Kelly um pouco aborrecida. Durante aquele Verão decidiu afastar-se de Andie e de tudo o que a ligava a "famosos", mas sentira alguma saudade, não só de falar com a irmã como também de a ver.

- Ir ter com ela? Depois de ter ficado com o rapaz que de quem tu gostavas e de ter desaparecido por completo do mapa, tu, como boa samaritana, achas que ir ter com ela é o mínimo que podes... - A loira não chegou a terminar a frase, foi interrompida, pelo seu amigo.

- O que ela está a querer dizer é que sim, nós fazemos o desvio. - Deu a volta com o jipe e apanhou uma estrada secundária em direção ao aeroporto. A loira ficou amuada e não disse mais nada. - Então, nervosa para o reencontro?

- Nada disso - Sorriu. - Sei que ela vai estar igual e provavelmente para ela nada mudou, o que é bom.

- Não posso avançar mais, venham ter aqui - Disse Ethan parando o jipe. - Good luck!

I swear, se a miúda for uma chata de primeira, colocou-lhe uma fita-cola na boca. See you, darling! - Continuou a falar, mas Kelly já não a ouviu. Entrou na secção das chegadas, tirou o telemóvel do bolso e quando ia marcar o número de Andie, viu-a. Estava sentada num dos bancos corridos de perna traçada. Tinha dois trolleys ao seu lado. Kelly não acreditara no que vira. Decidiu aproximar-se, mas antes contou até 10.

 

 

- Olá, Andie. - Esboçou um sorriso meio escondido e tímido.

- Kelly! - Exclamou ao levantar-se. - Give me a hug, sis!

- O que aconteceu ao teu cabelo? - Perguntou Kelly um pouco assustada, afastando-se.

- Pintei-o e cortei-o. Mas já se deve ter notado - Disse ironicamente aproximando-se da irmã. - Vamos? - Kelly acenou com a cabeça e pegou numa das malas. Seguiu Andie até lá fora, onde lhe indicou o caminho até ao jipe.

- Estes são os meus amigos, o Ethan e a Ashley. E esta é a minha irmã... - Apresentou Kelly, sendo interrompida por Ashley.

- Mas podes tratar-me por Ash, porque se tu és a "good sis" eu vou ali e já venho! Tão cool, se me tivesses dito não teria feito aquelas criticas horrendas. Subam! - Incentivou Ashley, a loira.

Ethan, o moreno, observara as duas raparigas pelo espelho retrovisor. Não estava à espera que a tão falada irmã fosse assim. - Andie, como foi a viagem?

- Exausta e longa. Obrigada! - Respondeu com um sorriso. Reconheceu rapidamente as ruas e pôde sentir a brisa quente. - Finalmente em casa! Para recomeçar.

 

Durante a viagem de regresso a casa, Kelly ficou a contemplar a "nova" irmã. Estava diferente desde o ano passado, não só física como psicologicamente. Cortou o cabelo, ficou até meio pescoço o que surpreendeu Kelly, pois dava-lhe pela cintura e era uma das suas paixões. Mas não foi só o corte que a surpreendeu. Foi a sua nova cor. Vermelho. Tinha, também, feito dois piercings. Nariz e orelha foram os locais escolhidos. Usava pestanas falsas, aplicava eyeliner e um batom vermelho. Sapatos de salto alto pretos. Estava mais mulher, mais bonita, mas tudo aquilo intrigava Kelly. Como é que essa mudança aconteceu? E porque? Teve alguma coisa haver com Robert? E por falar nele, será que está por cá?

 

Seja como for, algo não está bem, queres saber o quê?

Deixa o teu palpite e fica atenta ao próximo capítulo!

um beijinho,

Annie 

11 comentários

Comentar post