Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tower of Writing

you will never guess her secret...

Tower of Writing

you will never guess her secret...

Capítulo 5 - "An Honest Mistake."

Capítulo 5 - "An Honest Mistake."

 

- Robert? - A admiração era total quando se confirmou.

- Olá, Kelly. Como tens passado? - Questionou o britânico fazendo uma cara séria. Kelly não pôde deixar de notar no seu visual. Um t-shirt preta e umas calças de ganga - A tua irmã está por aí? 

- Não, não está - Tentou fechar a porta, sem sucesso devido à colocação do pé de Robert. Franziu - O que queres agora, que decidis-te finalmente dar à costa?

- Eu sei que ela está aí, Kells.

Não, não tinham confianças. De qualquer forma, deixou Robert entrar - Como vês, ela não está cá. 

- Podes ir chamá-la, ou tenho de ir eu lá a cima? - Aproximou-se das escadas. Sabia que Andie estava em casa. Vira a luz do quarto acesa de lá de fora.

- Importas-te de sair? - Robert virou-se, mas quando ia falar, Kelly interrompeu-o, impaciente - Queres terminar tudo com ela? Ou dizer que te vais embora como todos os teus amigos fizeram? Ela está de rastos, graças a vocês todos.

- Que conversa é essa? Não... - Disse impaciente e confuso. Que raio estava a passar-se?

- Queres saber? Os teus amigos vão mudar-se de cidade. Oh! Já sei, estás com dúvidas - Kelly acrescentou outra teoria, às que já tinha exposto, deixando Robert cada vez mais confuso.

- Eu não me vou embora, que parvoíce é essa? E eles também não! Estou aqui porque sou o namorado da Andie, suponho que seja normal eu ter aparecido, visto que estive a trabalhar. Sou ator, sabes?

- Claro! Deve ser bastante bom estalares os dedos e teres o que queres. Lá por seres famoso, não penses que és mais do que os outros - Não esperava que Kelly ripostasse daquela forma - Eu não te quero aqui. Não te quero na minha casa. Nem a ti nem aos teus amigos. Resolve o que tens a resolver com quem tens de resolver, mas não metas a minha irmã ao barulho. Não penses em magoa-la, porque se isso acontecer, eu arranjo maneira de te magoar também. Agora sai da minha casa, se não te importas. 

- Diz-lhe que eu estive aqui, por favor - Pediu, muito calmo. Robert saiu. Notou que Kelly estava diferente, mais adulta, mais madura. Defendeu a irmã com todos os argumentos possíveis, mas fazer coisas impossíveis era a especialidade de Robert. Conduziu, extremamente confuso. Não queria magoar Andie, não era essa a sua intensão. A rapariga desceu as escadas a correr mal ouviu a porta bater. Sim, foi por uma fracção de segundos que não vira Robert.

***

 

Chegou à vivenda de Zac. Bateu à porta com muita insistência, mas foi apenas cinco minutos depois que Zac, de boxers pretos, ensonado, veio abrir - Robert? Que se passa? Sabes que horas são? - Deixou Robert entrar. Parecia furioso. Esfregou os olhos e ajeitou as partes íntimas.

- Sei! - Gritou. - São horas de me explicares porque razão vais sair de LA, e porque razão eu não sei de nada! -  Estava zangado. São poucas as vezes que vemos Robert assim, normalmente ele não perde aquela postura calma. Mas isto, é uma excepção.

- Falaste com a Andie? Eu ia con...

Robert interrompeu-o. - Não, não falei porque os meus amigos estão mais interessados em tomar decisões nas minhas costas e deixá-la de rastos e, por isso, ela não falou comigo. Tive de saber tudo pela irmã dela que acabou de me ameaçar. Ameaçar! - Quis realçar a palavra - Portanto, vais explicar tudo ou continuar a dormir como senão fosse nada? - Explicou muito rápido e exausto por andar numa correria louca. Zac sentou-se no sofá e bocejou deixando Robert ainda mais impaciente - Definitivamente vou-me embora.

- Espera! - Pediu - Vamos falar - Levantou-se e dirigiu-se á casa-de-banho. Robert permaneceu imóvel no sofá. Quando voltou, estava mais acordado. Sentou-se - Isto não é o que pensas, está tudo mal contado. Eu e a Vanessa acabámos. Já não me sinto bem cá, quero ir para outra cidade - Desabafou e viu a expressão nos olhos do amigo - Eu tentei contar-te, Rob. Tu nunca podias falar logo e depois perdia a coragem. Mas pensei que soubesses, estava por toda a Internet e redes sociais - Baixou a cabeça.

Robert apercebeu-se de tudo o que perdeu. Abanou a cabeça - Meu, eu lamento muito, a sério que sim - Estava desiludido consigo próprio - Não tenho sido um bom amigo.

- Esquece isso.

Cruzou os braços e, ainda meio atordoado, franziu a testa. - Que se passa com a Claire?

- Sei lá eu, acho que tem um namorado. Vi algo disso no twitter, não tenho a certeza, Rob.

- Vamos ter a certeza então - Levantou-se e dirigiu-se para a porta - Tu... vens?

- Robert, sabes que horas são? - Suspirou e o amigo fulminou-o com o olhar - Não tenho outro remédio senão ir, não é?

- Exactamente, meu caro amigo - Zac subiu até ao quarto. Vestiu uma t-shirt e umas calças, e desceu logo. Robert conduziu apressadamente até à casa de Claire.  

***

 

- Eu ouvi a voz do Robert, ele esteve aqui?

- Sim, já se foi embora... - Revirou os olhos sarcasticamente.

- É óbvio, se não está aqui, é porque já se foi embora, não é? - Sentou-se nas escadas desanimada. Novamente, de pijama - Eu não percebo qual é o teu problema. 

- Desculpa. Não quero mais dramas... O Robert veio aqui armado em herói de regresso à sua amada, esperava que tu tivesses de braços abertos, mas as coisas não são assim agora. Ele não pode andar a usar-te. Não é por apetites que se fala ou não com a namorada. Não é por ele ser quem é, que tem esse direito. Portanto... mandei-o embora.

- O quê? - O ar sério durou apenas 2 segundos, depois riu-se, riu-se muito levando as mãos à cabeça - Tu mandaste-o embora? Crazy woman - Continuou a rir-se. Levantou-se e abraçou a irmã.

- Não estás zangada? Eu mandei o teu namorado embora! - Pegou na mão da irmã.

- Não, Kells. És a minha irmã, zelas por mim como ninguém o faz - Virou a sua mão dando um pequeno beijo na outra face da mão - Quanto ao Robert, ele não me vai fazer mal. De certeza que há uma explicação. Um erro honesto ou falta de comunicação, ok?

- Já o avisei para não te magoar - O orgulho era eminente.

Andie riu. Estava tudo a resolver-se! - Lembras-te do rapaz que conheci no Texas? O Ryan? Ele está cá... em LA.

- A sério? Isso é... bom, certo? Não queria nada que estivesses cá "sozinha", fico feliz que, pelo menos, tenhas cá um bom amigo.

Sentaram-se na escada. Kelly encostou a cabeça no ombro da irmã. Permaneceram uns largos minutos até que Andie deu um pequeno riso. - Ainda não acredito que o expulsas-te! - Antes de irem dormir, Andie partilhou uma ideia com a irmã. Após a conversa com Ashley, sabia que quanto à família não havia muito a fazer, mas quanto ao resto, talvez. Ao deitar, não parava de pensar no seu Robert, no que realmente se passou...

***

 

Quando chegaram foi o pai de Claire, o Sr. Miller, como todos atenciosamente lhe chamavam, que veio abrir a porta. Foi uma surpresa agradável. 

- Sem Sr., faz-me sentir velho! - Brincou - Os vossos Jonas estão fantásticos. Neste momento estão na Austrália, que maravilha não é?

- Sem dúvida! - Os dois amigos agradeceram e, enquanto Robert falava com este, Zac espreitou para outra divisão, onde se encontra a mãe. Acenou - Boa noite, Sra Miller!

Mal tirou os olhos do ecrã do computador, deveras com dificuldades, lançou um sorrindo ao ver a cara amiga. Subiram uma pequena escadaria que dava para o corredor com quatro quartos, o último pertencia a Claire. A porta estava encostada. Ouviu-se a voz da rapariga falando. Zac fez sinal de "stop" para Robert parar. Ambos franziram, sem deixar de ouvir uma parte da chamada telefónica, ficando estupefatos. Um erro honesto, admita-se.

 

"Não, não mete piada nenhuma! É a minha vida e o meu futuro. (...) Mas agora és bruxo? Tu não sabes isso! (...) O melhor para mim sou eu que decido! Já basta estar a esconder da minha família. (...) Aconselhei-me com a minha amiga, como é normal! (...) Isto não é acerca dela, é acerca de mim e do que eu sinto. Eu conto-lhe o que quiser, percebes? Deixa-me fa... (...) Tu, o quê? Que idade tens tu agora? (...) Nem penses em fazer alguma coisa! (...) Não, tu é que não sabes com quem te estás a meter."

 

Desligou a chamada.

 

O grupo de amigos está metido em muitas confusões, certeiro. O que se está a passar com Claire? Como vão reagir os amigos? Afinal, quem vai sair da cidade? E o plano para ajudar Ashley, qual será? Kelly agiu bem em mandar Robert embora? Por fim, quanto ao casalinho, como ficarão? 

 

 

Muitas perguntas e poucas respostas... por enquanto!

Estou a preparar uma surpresa para a próxima semana, mas shiu. Fica só entre nós.

 

um beijinho,

Annie 

 

16 comentários

Comentar post